No último post falamos sobre controle financeiro pessoal e sua importância na vida familiar. Neste, iremos falar sobre alguns métodos utilizados para auxiliar nesse controle.

Muitas pessoas preferem fazer anotações de suas dívidas em cadernos e agendas e para muitos essa simples atitude funciona. Porém uma boa parte não possui esse controle por simplesmente não ter se adaptado a nenhum método. Portanto seguem alguns deles para você escolher e testar:

  1. Microsoft Excel

A Microsoft Excel é uma poderosa ferramenta utilizada para controle de dados. Quando bem dominada, você consegue construir planilhas excelentes para todos os tipos de controle, inclusive financeiro. Você pode construir desde planilhas simples (com apenas dados) a mais complexas (com dados, gráficos e fórmulas). Ele pode ser o método mais simples ou mais complicado, dependendo do seu conhecimento em manuseá-lo.

  1. GuiaBolso

Este aplicativo gratuito é rápido, prático e de ótima utilidade principalmente para pessoas que utilizam várias contas bancárias além de cartões de débito e crédito. O aplicativo sincroniza todas as contas e lhe dá informações de receitas e despesas em um único lugar, sem a necessidade de alimentar planilhas.

  1. Mobills

O aplicativo Mobills promete um controle financeiro descomplicado. Ele possui as mesmas ferramentas do GuiaBolso, dando relatórios de receitas, despesas e separando as dívidas por categorias e assim fazendo comparativos de gastos por período. Porém para acessar toda a sua funcionalidade é necessário realizar a assinatura trimestral ou anual que varia de cinco a dez reais mensais.

  1. Minhas Economias

Esse gerenciador financeiro é grátis e online. Além de fazer o controle financeiro como os outros aplicativos, ele disponibiliza links sobre economia. E para aqueles que querem fazer algum investimento futuro, este gerenciador simula orçamentos e planejamentos para a realização do mesmo. Outra vantagem dele é exportar planilhas de Excel já preenchidas com dados financeiros anteriores, ou seja, você pode migrar de uma simples planilha de Excel para o aplicativo a qualquer momento.

Há vários outros métodos que podem ser utilizados. Cabe a cada um escolher o que melhor atenderá no seu controle financeiro.

Share

Deixe uma resposta