Gostaria de começar esse post com uma pergunta simples: Você já leu um livro que lhe desse mais medo que qualquer filme? Bom, no meu caso a resposta é SIM. Há dois meses comprei o livro mais esperado pelos amantes do terror: “Ed & Lorraine Warren Demonologistas” por Gerald Brittle. E sem dúvida, para aqueles que se impressionam fácil como eu, senti medo em cada página à medida que lia, talvez porque eu estava tão concentrada na leitura que cada barulho por menor que seja me assustava.

O livro foi um dos melhores que já li, inclusive ouso colocá-lo no mesmo patamar que todas as outras obras do mestre do horror Stephen King. A diferença crucial entre este e todas as outras obras é que se trata de um livro contendo arquivos sobrenaturais reais vividos por Ed e Lorraine Warren e com certeza isso é que o torna tão peculiar.

Para todos entenderem do que estou falando vou relatar minha experiência de nove dias lendo este livro. O livro chegou a minha casa enquanto estava no trabalho onde só fui ter acesso a ele às 23 horas do dia 19 de maio de 2017. Como sempre faço, fui para a cama aproximadamente às 23h e 50min com o livro em mãos, pronta para iniciar a leitura. Ao abri-lo fui agraciada com um “belo retrato” da boneca Annabelle, e com certeza não o coloquei em nenhum porta retrato. Alguns minutos depois, já tendo iniciado a leitura, alguém bateu no meu portão a pouco mais de meia noite. Conseguem imaginar o meu susto nessa hora? Quem era? Ninguém. Provavelmente algum gatuno tentando invadir minha humilde residência, pelo menos é nisso que prefiro acreditar. Passado o susto, fui dormir e deixei a leitura para o dia seguinte e graças a Deus não sofri mais nenhum susto desses, exceto o dia que a porta do quarto tremeu a noite, mas isso também é normal, não é? Também prefiro acreditar que sim.

Mas enfim, o livro aborda aspectos da vida pessoal e profissional do casal, e às vezes de forma detalhada relata alguns casos famosos, como Amityville, Annabelle e Enfield. Porém o mais interessante do livro é a forma como Ed e Lorraine identificam, detalham e posteriormente encaram o sobrenatural.  Através das páginas é possível sentir o medo que eles e as famílias dos obsediados sentiram e também a fé que os moveram a enfrentar e combater o mal.

Para se ter uma ideia do conteúdo do livro e de sua veracidade, segue um parágrafo escrito pelo próprio Gerald Brittle que resume exatamente isso:

“Neste livro Ed e Lorraine Warren revelam, de forma direta e franca, o incrível segredo daquilo que destrói a paz em casas mal-assombradas. Os princípios místicos revelados pelos Warren durante suas explicações foram minuciosamente pesquisados e verificados e, de acordo com autoridades de textos teológicos e acadêmicos sobre demonologia e exorcismo, as declarações do casal estão corretas… Por fim, o texto deste livro foi revisado, quanto à sua exatidão, por dois exorcistas católicos romanos.

O livro é praticamente um dicionário do sobrenatural, abordando de forma clara aspectos do estudo da demonologia realizada por diversos estudiosos e religiosos, inclusive no vaticano.

Vale ressaltar que Ed Warren era católico e todos seus trabalhos foram realizados com uso de métodos cristãos, além de estar sempre na presença de um representante da fé. Nenhum trabalho do casal foi realizado sem avaliação e posterior autorização da Igreja Católica.

Sem mais, independente de você acreditar ou não nesse tipo de “história” vale à pena dar uma chance a essa obra. Eu mesma, não acredito em algumas coisas, ou melhor, tenho um outro tipo de interpretação para alguns fatos, mas isso não me impede de dar atenção a opiniões e conhecimentos diferentes do meu. Porém, assim como Ed e Lorraine, acredito que o mal está entre nós e não devemos ignorá-lo. Quando entendermos que ele existe, mais vigilante estaremos e assim mais fácil será a luta contra qualquer mal que vier nos atingir.

Share

Deixe uma resposta